terça-feira, 17 de outubro de 2017

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

DICAS DA MALÚ

EM TEMPOS DE ESCASSEZ DE ÁGUA...

Em tempos de escassez de água, todos precisam colaborar e economizar, até mesmo os animais de estimação. A dica é passar a dar banhos secos nos bichinhos. Mas atenção: a prática não deve ser constante. É importante falar com o veterinário do seu cão ou gato para que ele aconselhe de quanto em quanto tempo é possível recorrer à técnica. Cada animal tem um tipo de pelo e pode reagir diferente à frequência do banho a seco.
Na sua própria casa, você pode fazer uma mistura para limpar seu animalzinho. Basta usar um litro de água, uma xícara de álcool e uma xícara de vinagre. Borrife o líquido em uma toalha úmida. Passe no sentido contrário do pelo e, depois, escove no sentido do pelo.
Outra opção é aplicar a mistura de uma xícara de amido de milho com ¼ de xícara de bicarbonato de sódio. É importante massagear para que essa mistura absorva a oleosidade, os odores e a sujeira. Depois, escove para retirar a mistura.
Durante os procedimentos, você não deve aplicar nenhum líquido sobre as feridas abertas, porque isso atrapalha a cicatrização.
Para o banho tradicional, em casa ou no pet shop, a dica é usar xampus com poder maior de diluição, porque será necessário usar menos água para enxaguar o animal. Use uma bacia com água morna em uma altura que cubra os “cotovelos do animal”. Para enxaguar, use uma bacia com água.
No cotidiano, outras práticas também ajudam a manter seu animal limpinho e sem gastar água. Ao chegar da rua, o dono deve limpar as patas e o focinho do cão com um lenço úmido, específico para bichos, no lugar de lavar com água corrente.


FALANDO EM ARTRITE....

A artrite é caracterizada pela inflamação em uma das juntas. A leitora Maria Santos Tomazini enviou uma mensagem pedindo uma receita de suco e o Universo Jatobá traz todas as dicas e também receitas e suas propriedades para amenizar as dores da artrite reumatoide, que se diferencia da artrite por se tratar da inflamação de várias juntas como, por exemplo, dedos das mãos, punhos, cotovelos, ombros e joelhos.
A artrite reumatoide pode se desenvolver em pessoas de qualquer idade, na maioria mulheres. A doença não é obrigatoriamente hereditária, mas, casos de artrite na família merecem atenção. O tratamento certo previne deformidades e limitações ou, quando a doença já está em um grau avançado, pode amenizar e evitar as dores.
Para confirmar, é preciso consultar um médico. Um exame de sangue, que mede a atividade inflamatória, ou de imagem, como uma ultrassonografia ou uma ressonância, podem detectar a doença.
O suco de abacaxi é uma ótima dica para ajudar a amenizar as dores causadas pelas inflamações. Isso porque o abacaxi é uma fruta rica em vitamina C, manganês e bromelina, uma enzima com ação anti-inflamatória.
Para fazer o suco é simples: bata um abacaxi com meio litro de água, coe e beba em seguida.
Outra opção é o suco de limão com alho cru. O alho já é popularmente conhecido pelas suas propriedades anti-inflamatórias e o limão potencializa esse efeito.
Anote a receita: bata no liquidificador dois dentes de alho descascados e o suco de dois limões. Bata tudo no liquidificador e beba em seguida. Para adoçar os sucos, prefira o mel, uma opção mais saudável.
O gengibre é outro famoso anti-inflamatório natural. Neste caso, a dica é o chá. Para uma xícara de chá de água, use dois pedaços pequenos de gengibre. Coloque os pedaços de gengibre para ferver na água por cinco minutos, coe e sirva.
Não se esqueça de que os sucos e o chá devem ser tomados logo após o preparo para não perder parte das propriedades.
Dica: Para quem tem artrite, recomenda-se manter uma dieta equilibrada e rica em cálcio, pois a doença aumenta as chances de desenvolver osteoporose.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Ingredientes e informações do Suco Verde (Suco de Luz do Sol


Cortar uma maçã em pedaços pequenos e tirar as sementes grandes. Colocar no liquidificador. Usar um pepino como socador para auxiliar a extrair o líqüido que mora dentro das hortaliças. Acrescentar os grãos germinados*, as folhas verdes comestíveis, o legume e a raiz escolhida na proporção indicada, variando as hortaliças sempre que possível e privilegiando as de produção orgânica. Coar em um pano e beber logo em seguida.
Legumes e raízes: cenoura, abóbora, maxixe, batata-doce, inhame, quiabo, couve-flor, abobrinha, nabo, beterraba.
Como germinar grãos
1 – Colocar de uma a três colheres de sopa de grãos em um vidro e cobrir com água limpa.
2 – Deixar de molho por uma noite (8 horas).
3 – Cobrir o vidro com filó e prender com elástico. Despejar a água e enxaguar bem sob a torneira.
4 – Colocar o vidro inclinado em um escorredor em um lugar sombreado e fresco.
5 – Enxaguar pela manhã e à noite. Nos dias quentes, é preciso lavar mais vezes. Os grãos iniciam sua germinação em períodos variáveis. Em geral, estão com sua potência máxima logo que sinalizam, o processo do nascimento, quando ficam prontos para serem consumidos.
Sugestões de sementes:
Todas as sementes comestíveis, tanto pelo homem como pelos pássaros: girassol, painço, niger, colza, aveia, trigo, linhaça, arroz, soja, centeio, gergelim, grão-de-bico, amendoim, lentilha, nozes, castanha-do-pará, amêndoas, ervilha, feno-grego etc.


Exercícios Juventude: coração, pernas e coluna





1) Exercício para evitar problemas cardiovasculares, entre eles as micro varizes

Exercitar a panturrilha - Ideal praticar pela manhã antes do banho. Eu o pratico diariamente logo após sair da cama, antes mesmo do banho. Abro a janela, respiro o ar puro e fresco da manhã e vamo que vamo!!!

Fique na ponta dos pés e apoie. Primeiro rápido até esquentar as panturrilhas e depois uma sequência de 10 movimentos lentos.

Pronto. Quanto tempo levou? Uns 5 minutos? Simples certo?

Então: esse exercício bombeia o sangue para o coração, melhora os batimentos cardíacos e evita obstrução de vasos e veias. Afirmam os especialistas que este exercício funciona como um SEGUNDO CORAÇÃO. Tendeu???

Nos primeiros 6 meses, se a pessoa estiver com excesso de peso, ela emagrecerá da cintura para baixo e, nos 6 meses seguintes, da cintura para cima. Depois de 2 anos de prática diária não engorda mais e, além de tudo, diminui o risco de uma cirurgia cardíaca que custa em média R$38.000,00 e, de um modo geral, os planos de saúde nem sempre pagam.

E você pode potencializar a saúde de suas pernas e a desintoxicação via pele com este recurso do Doce Limão

2) Exercício para ativar a circulação dos pés e pernas

Ideal ao final do dia. Quando chegar em casa, coloque os seus pés em uma bacia com água bem quente, o famoso escalda-pés.

Além de relaxar, esse procedimento desencadeia a dilatação dos vasos sanguíneos dos pés, relaxa e alivia o estresse. Esse procedimento foi pesquisado com pessoas diabéticas e o resultado evidenciou a melhora na circulação sanguínea, diminuindo os casos de gangrena. O quadro geral de saúde dos pesquisados melhorou e como um fato relevante, a melhora da visão.

Ler também: Rituais de desintoxicação da PELE

E você pode potencializar a saúde de suas pernas e coração com a desintoxicação via pele: Óleo de Massagem Desintoxicante & Emagrecedor.


3) Exercício para a coluna

Ao acordar, ainda deitado, de barriga para cima pedalar 120 vezes no ar.

Esse exercicio tonifica toda a coluna. Melhora a postura, diminuindo ou retardando desvios e aliviando as dores oriundas de problemas na coluna.

Integre todos estes exercícios com uma Alimentação mais Crua e Viva, começando com um bom suco desintoxicante pela manhã em jejum. E, ideal seria tomar outros 2 sucos nos intervalos da manhã e da tarde. Aprenda a preparar o Suco de Luz do Sol aqui



Algumas dicas de economia doméstica


Supermercados:
Planejar as compras, se possível em vista ao cardápio que será servido dia a dia.
Repetir pratos de vez em quando não é ruim e facilita sua vida. Controle os supérfluos. Não vá às compras com fome, com pressa, nos horários de pico - perde-se a paciência e compra-se mal.


Feira:
Descubra o horário em que os preços tendem a baixar. Substitua produtos - se o alface está caro, leve acelga, e assim por diante. Procure pelas verduras e legumes da época. Não utilize apenas de uma barraca, diversifique. Se possível evite montes ou bacias em ofertas. Evite comprar grande quantidade de uma só fruta, porque está barata. Poderá perder boa parte dela.


Água:
Lave a louça em dois turnos. Primeiro molhe-a bem. Feche a torneira e ensaboe tudo. Então abra a torneira e enxágüe. Se você mora numa casa regule o numero de vezes em que a calçada é lavada. Seja drástica com os vazamentos: uma torneira pingando desperdiça mais de 40 litros de água por dia, ou seja, mais de 1.200 litros por mês.


Energia elétrica:
O chuveiro elétrico na posição verão, consome perto de 40% menos energia do que na posição inverno. Máquinas de lavar que utilizam água quente, gastam quase dez vezes mais energia do que as que lavam com água fria. Lâmpadas comuns podem ser trocadas por florescentes, que economizam 80% de energia e duram muito mais.

Telefone:
Aproveite os horários de tarifas menores para fazer seus interurbanos. Informe-se de qual é o critério para os horários à noite, aos sábados após as 14 horas e aos domingos e feriados. Verifique por quantos minutos é cobrando um impulso. Administre esse tempo e os múltiplos dele.


DICAS CONTRA O DESPERDÍCIO



1) Quando for usar uma metade do abacate, deixe a outra com caroço. Isso evita que ela deteriore com rapidez;

2) Não jogue fora os talos do agrião, pois eles contêm muitas vitaminas. Limpe; pique e refogue com tempero e ovos batidos;

3) Todas as folhas verde-escuro,  são ricas em ferro. Não deixe de aproveitá-las.

4) Os talos de couve, taioba, espinafre, etc contêm fibras e devem ser aproveitados em refogados, no feijão e na sopa;

5) Sobras de bolacha/biscoito não devem ir para o lixo. Despedace-as e guarde-as em vidro fechado, para usar como cobertura de bolos;

6) O vinho azedado pode ser aproveitado como vinagre; (apesar não ingerirmos bebida alcoólica, meu sogro outro dia jogou fora 5 litros de vinho porque estava ruim, o que poderia ser aproveitado como vinagre)

7) Se sobrou purê de batata, forme pequenas bolinhas, polvilhe com farinha-de-rosca e frite como croquete;

8) A abóbora é altamente nutritiva. Lembre-se de aproveitá-la inteira: casca, polpa, folhas e sementes;

9) Folhas de nabo, rabanete e beterraba têm maior concentração de carboidratos, cálcio, fósforo e vitaminas A e C, se comparadas com a raiz, que estamos acostumados a comer. Pique-as bem e sirva em salada, refogadas ou em conserva;

10) As folhas de cenoura são riquíssimas em vitamina A e devem ser aproveitadas para fazer bolinhos, sopas ou picadinhas em saladas. O mesmo se pode dizer das folhas duras da salsa;

11) Alho é sempre muito caro. Evite as perdas, transformando-o em pasta; (quando faço isso coloco óleo ou azeite em cima para conservar melhor)

12) Somente depois de assado o peixe é que se deve tirar-lhe a cabeça. Se não, a parte cortada fica seca e dura; (a cabeça também pode ser aproveitada para sopa ou pirão)

13) Cozinhe as verduras e os legumes num cuscuzeiro, aproveitando o vapor. Assim, elas não perderam o valor nutritivo;

14) Rale sobras de queijo e use em molhos e sopas;

15) Se a maionese talhar, não jogue fora, pingue água quente até que ela volte ao ponto; (essa eu nunca experimentei, mas se alguém gostar me conta depois)

16) Se for cozinhar batata para usar durante alguns dias, acrescente uma cebola à água do cozimento, para que elas não escureçam;

17) A água do cozimento das batatas concentra as vitaminas. Aproveite-a, juntando leite em pó, manteiga e a batata amassada para fazer purê;

18) Adicione batatas cruas cortadas a sopas ou ensopados que tenham ficado salgados demais. As batatas vão absorver o sal durante o cozimento;

19) A parte branca da melancia pode ser usada para fazer doce, que se prepara como o doce de mamão verde; (que podem ser guardado e conservado em conserva!)

20) A casca de laranja fresca pode ser usada em pratos doces à base de leite, como arroz-doce e cremes; (raladinha, é claro)

21) Para conservar a metade do limão que ainda não foi usada, coloque-a no pires com água, com a parte cortada para baixo e leve à geladeira;

22) Para não desperdiçar o suco que a fruta pode dar, bata o limão com um martelinho antes de cortá-lo;

23) Cebola tira gosto de queimado do feijão;

24) Para que a farinha de trigo guardada não encaroce, acrescente-lhe um pouco de sal;

25) Se quiser guardar a farinha de trigo por muito tempo, deixe-a na geladeira ou no congelador, para que não fermente;

26) Para se tornar fresco o pão amanhecido, basta umedecê-lo levemente com água ou leite e levar ao forno quente por alguns minutos; (também dá pra fazer isso no microondas com 10 ou 20 segundos, depende de quanto você molhar)

27) Se o tomate estiver mole, deixe-o de molho na água fria ou gelada por uns 15 minutos. Ele ficará mais rijo e fácil de ser cortado;

28) Para conservar a salsa fresca, lave, deixe secar e corte bem fininho. Depois, guarde a salsa num vidro, coberta com óleo;

29) Pó de folha de mandioca é alimento rico em vitamina A e ferro. As folhas devem secar à sombra e moídas com pilão ou batidas no liquidificador. Guarde em vasilha fechada. Usem pitadas nas refeições;

30) Guarde o queijo-de-minas na geladeira em recipiente fundo com pouca água salgada. De manhã e à noite vire o queijo, para umedecer os lados. Ele assim se conservará fresco;

31) Para que o macarrão não grude, regue com um fio de óleo depois de escorrer;

32) Sempre que possível, evite bater os alimentos no liquidificador. Use a peneira ou amasse-os;

33) Restos de verduras podem dar ótimos suflês;

34) Para o óleo render mais, passe-o por um filtro a cada fritura; (sinceramente, não acho isso muito legal, mas sei que tem pessoas não tem condições e que reaproveitam o óleo principalmente com o preço que está agora, então é melhor que seja assim)


35) Caroços de abóbora torrados com sal servem como aperitivo. Fazem bem para os rins e a bexiga. O mesmo vale para a soja; (e pensar que a gente paga tão caro por esses aperitivos e acaba jogando fora em casa na hora de cozinhar)

36) Pão velho torrado no forno e ralado serve como farinha de rosca. Se amolecido com leite, serve para recheio de frango, ligamento para bolinhos, tortas de carne, etc;

37) Bolo velho pode ficar novo se mergulhado em leite frio e assado em forno médio. Para mantê-lo bom por mais tempo, é só embrulhar com toalha úmida e guardar em lugar fresco;

38) Frutas que foram cortadas pela metade permanecem boas se pinceladas na área do corte com limão;

39) Frite uma cebola em pedaços no óleo utilizado para a fritura de peixes. Assim você poderá utilizá-lo;

40) Cascas de batata bem lavadas, temperadas e fatiadas, cozidas no forno ou fritas são nutritivas e gostosas; (fica uma delícia, só não deixe muito tempo fritando, é rápido)

41) Fermento fresco não perde sua força se congelado;

42) Cozinhe os talos e folhas verdes de couve-flor até ficarem macios e sirva com manteiga derretida ou molho branco por cima. Além de ficarem saborosos, são muito nutritivos;

43) Use as folhas do salsão secas e esfareladas como condimento em sopas, molhos de salada ou cozidos;

44) Com cascas de maçã você poderá preparar um agradável chá e também um saboroso refresco;

45) Sirva a salada separada do molho. Assim, os restos podem ser guardados separadamente, servindo para outros pratos;

46) A salada dura mais tempo se guardada em papel absorvente em recipiente plástico, ou em saco plástico na parte baixa da geladeira;

47) Ossos de bisteca podem ser usados para dar sabor a sopas, caldos e ensopados; (isso vale também para aquelas partes da galinha que não usamos, é só deixar guardada no freezer e aproveitar na canja)

48) O mocotó dos ossos serve para enrijecer um molho ou caldo de carne;

49) Retire a maionese que ficar no fundo do vidro com suco de limão. A mistura dará um ótimo molho para salada;

50) Para que as uvas durem mais, é aconselhável que se lave os cachos antes de levá-los à geladeira. Assim, você estará eliminando boa parte da flora microbiológica da fruta, que é responsável pela sua deterioração; (isso vale pra todas as frutas, vamos lavá-las antes de guardar na geladeira)

51) O figo tem casca extremamente porosa, suscetível a agrotóxicos e pesticidas. Coma-o sempre sem casca.

52) Não se engane quanto às sementes de goiaba. Elas não são prejudiciais à saúde.

53) Cascas de manga dão um delicioso suco;

54) Não se devem desprezar as sobras dos alimentos preparados. Deve-se, sim, aprender a guardá-las adequadamente para que não estraguem.



 Tome sempre os seguintes cuidados:

a)  Conserve em geladeira ou local fresco e procure utilizá-las  logo;
b) Deixe-as esfriar antes de guardá-las;
c) Guarde-as em vasilhas limpas, secas e tampadas;
d) Durante o verão, examine muito bem as sobras: se apresentarem vestígios de mau cheiro, bolor ou espuma, jogue-as fora.


LIGUE-SE NAS DICAS PRÁTICAS E ECONÔMICAS PARA SALVAR NOSSO PLANETA

Como ficar livre de pulgas usando cascas de laranjas?

É muito fácil! Basta triturar as cascas para extrair o óleo e adicionar água.
Espalhe com as mãos sobre a pele do animal.
Você pode, também, adicionar alho cru a comida do animal, pois as pulgas por algum motivo odeiam alho, que serve ainda como vermífugo natural.
Viu como é fácil e econômico?!
Lembre-se sempre: nunca compre animais em extinção.

Faça uso de inseticidas ecológicos, são baratos e mais eficientes.
Açúcar queimado, melado e água, disposto em tiras de papelão é ótimo para repelir insetos.
Mistura de farinha, gesso calcinado, açúcar, bicarbonato de sódio é eficiente contra baratas.
Para se livrar das formigas, basta espalhar pó de café em pequenos pires por toda a casa.

Na limpeza da casa

Use vinagre branco e água na mesma proporção, para limpar vidros, azulejos, vasos sanitários e espelhos, não há nada melhor.
Para limpeza de forno você não precisa de nada mais que água quente, bicarbonato de sódio e palha de aço.
E se você quer realmente purificar o ar use somente uma mistura de ervas com suco de limão ou vinagre.
Também tire o pó das lâmpadas. Por incrível que pareça, lâmpadas empoeiradas gastam mais energia.

Outras dicas
Controle atentamente a pressão dos pneus de seu carro, mas faça isso sempre com os pneus frios.
Leve para o trabalho seu próprio copo de vidro e não use copos descartáveis.
Na cozinha, utilize panos ao invés de toalhas de papel. Depois é só lavá-los e reutilizá-los.
Reaproveite as embalagens para guardar comida na geladeira, ao invés de usar papel alumínio ou PVC.
Regue seu jardim de manhã cedo. Durante o dia, a evaporação da água é maior e à noite aumenta o risco de proliferação de fungos na grama.
Reutilize os envelopes de carta.
Plante na lua nova, pois a gravidade ajudará a planta a fixar raízes.

E ainda...

Você sabia que o isopor é uma espuma de poliestireno que é totalmente não biodegradável. Daqui a 500 anos aquela embalagem de isopor em que serviram seu hamburguer ontem, ainda estará sujando a superfície da terra. O que fazer? Não existe isopor seguro, simplesmente deixe de usar. Compre certo!! Diga não ao isopor. Abaixo o isopor!


Você sabe quanto lixo nós produzimos?

O serviço de limpeza urbana da cidade de São Paulo calcula que por dia, perto de 12 mil toneladas de lixo são recolhidas, e que essa quantidade se espalhada em um campo de futebol, alcançaria 4 metros de altura.
O que fazer?
Ao ir às compras abra o olho: cada produto que você traz para casa tem um determinado impacto sobre o meio ambiente. Escolha produtos que agridam menos a natureza.
Compre produtos em embalagens maiores para seu consumo semanal ou mensal conforme o caso.
Comprem sempre bebidas e refrigerantes em garrafas de vidro que são reutilizadas ou recicladas.

Ligue-se nas pilhas!
No Brasil são consumidos anualmente de 800 milhões a 1 bilhão de pilhas por ano. As pilhas não são recicláveis e podem liberar metais pesados como mercúrio e cádmio que são altamente tóxicos.
O que fazer?
Prefira as pilhas alcalinas, são mais econômicas, duram em média sete vezes mais que pilhas comum. Conseqüentemente, poluem menos.


CURIOSIDADES


VOCÊ SABIA?

Todos os anos 310 milhões de caixas de lenços de papel são consumidos na Grã Bretanha (lenços de papel não são recicláveis). Se cada habitante do planeta utilizasse uma caixa de lenço de papel por mês não haveria mais árvores no mundo.

Se o desmatamento persistir, no futuro próximo, mais de 1 milhão de espécies de animais serão extintas, única ocorrência desse tipo nos últimos 65 milhões de anos.

É necessária uma floresta inteira - mais de 500 mil árvores - para se produzir os jornais que os americanos consomem semanalmente. O americano médio utiliza aproximadamente 2600 quilos de papel por ano, enquanto o consumo de papel per capita no Brasil foi de 28 quilos em 1989.

Produzir papel a partir de papel "velho" consome cerca de 50% menos energia do que fabricá-lo a partir de árvores; utiliza-se 50 vezes menos água, alem de reduzir a poluição do ar em 95%.

Cada tonelada de papel reciclado representa 3 metros cúbicos de espaço disponível nos aterros sanitários. (Aterro sanitário é um depósito de lixo fiscalizado e que segue certas normas técnicas para nivelar terrenos públicos).

O Brasil produz anualmente cerca de 4700 toneladas de papel e apenas 30% são recicladas.

QUE PAPELÃO!

Se o mundo reciclasse metade do papel que consome, 40 mil quilômetros quadrados de terras seriam liberados do cultivo de árvores para a indústria de papel.
Devido ao alto consumo de papel em todo o planeta, florestas estão sendo destruídas para em seu lugar serem plantados eucaliptos, utilizados na produção de papel. Porém, os eucaliptos absorvem muita água da terra, afetando o equilíbrio do solo. Isso pode causar erosão e danos ecológicos, pois incontáveis espécies de animais deixarão de existir com o fim das matas.
Além disso, as árvores absorvem grande parte do gás carbônico presente na atmosfera. Sem árvores, o gás carbônico permanecerá no ar, contribuindo para o efeito estufa.

O que fazer?
O papel de jornal é, provavelmente, o material de mais simples reciclagem, uma vez que não há casa onde não existam jornais velhos. Começar por aí pode ser um bom método para alterar os hábitos.

Guarde jornais:

Não jogue fora os jornais velhos.
Separe em diferentes pilhas: revistas de papel brilhante e capas impressas em cores, que não são tão facilmente recicláveis.
Organize-se. O primeiro passo para um programa pessoal de reciclagem de jornais é criar, em casa, um lugar onde se possa guardá-los sempre.

Recicle:
Descubra algum lugar perto de sua casa que compre materiais para reciclagem. Para isso, telefone à regional da prefeitura mais próxima e informe-se. Outra opção é procurar nas Páginas Amarelas.